Geoeventos — 30 junho 2015
Desafios do uso da água na Região Metropolitana do Recife

Chegam ao fim, após três anos de estudos, as pesquisas do convênio franco-brasileiro Projeto Coqueiral. Os resultados serão apresentados na conferência final “Os desafios da água na Região Metropolitana do Recife”, que será realizada no auditório da Biblioteca Central da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), nos dias 1 e 2 de julho, no Recife.

Em andamento desde 2012, o projeto estudou o impacto humano nas águas subterrâneas da Região Metropolitana do Recife (RMR) e analisou os usos e a percepção social da água. No Brasil, a água é um bem de domínio público e todo e qualquer uso tem que ser autorizado. Segundo dados da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), estima-se que existam cerca de 13 mil poços em Pernambuco. Destes, 6570 estão ativos e 4489 se encontram na RMR, onde 50,2% deles são utilizados para abastecimento público ou residencial particular.

O evento irá apresentar os dados obtidos através de entrevistas, estudos observacionais e das análises das amostras de água colhidas, sobretudo, nos poços da Zona Sul da capital pernambucana e da RMR. Por meio dos usos das águas, foram observadas as origens dos processos de salinização e de poluição inorgânica dos aquíferos que abastecem a região, e identificados os processos de desgaste e evolução pelos quais os lençóis freáticos da costa pernambucana vêm passando ao longo das últimas décadas.

Com um investimento de mais de R$ 4 milhões, o Coqueiral é um estudo  interdisciplinar realizado por pesquisadores do Brasil e da França, que alia a proteção ambiental ao planejamento de gestão das águas subterrâneas. A análise foi coordenada pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e Universidade de São Paulo (USP), no Brasil, e pelo Bureau de Recherches Géologiques et Minières (BRGM), na França. A pesquisa contou, também, com a colaboração da CPRM – Serviço Geológico do Brasil, da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), das universidades francesas Lille 3 e Rennes 1, além da parceria privada da Géo-Hyd, empresa de gestão de recursos naturais e sistemas de informação.

O evento, aberto ao público, irá contar com a participação da equipe de pesquisadores e dos representantes dos órgãos envolvidos. Os resultados hidrogeológicos e as percepções sobre os usos das águas serão expostos através de palestras realizadas ao longo dos dois dias da conferência. Além das palestras, será apresentada, também, a exposição fotográfica “TER ÁGUA – Uma fotoetnografia da água do cotidiano no Recife”, realizada por sociólogos das universidades francesas CeRIES e Lille3 nas comunidades da RMR.

 

Confira aqui a programação!

 

Projeto Coqueiral:

O PROJETO COQUEIRAL é um projeto de pesquisa franco-brasileiro interdisciplinar que visa o estudo do impacto na qualidade e quantidade de água dos aquíferos costeiros da Região Metropolitana do Recife (RMR), utilizados pela população em um contexto de superexplotação.

Leia mais sobre o Projeto aqui!